SENAI inicia aplicação de provas SAEP que avalia cursos profissionalizantes

7/10/2022   10h25

 

 

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial no Rio Grande do Norte (SENAI-RN) está realizando a aplicação do 2° ciclo de provas do Sistema de Avaliação da Educação Profissional e Tecnológica (SAEP) –  uma estratégia para o SENAI no âmbito das ações realizadas em Educação Profissional e Tecnológica. A aplicação das provas teórica e prática começou na quarta-feira (5) e prossegue até a próxima segunda-feira (10).

 

A supervisora pedagógica do SENAI, Adriana Medeiros, explica que, ao fazer o exame, o aluno está ajudando a instituição a direcionar esforços e atenção para o que está sendo feito de maneira correta e o que precisa ser melhorado. “Em tudo isso os alunos nos ajudam tanto fazendo a prova quanto respondendo ao questionário ao final da prova”, comentou.

 

Também coordenadora de avaliação do SAEP, ela informa que é disponibilizado um link para o qual cada aluno tem acesso e senha próprios. “O acesso é individual. Na hora que ele abre a prova, a partir daí ele tem três horas para concluir. A prova tem formato on-line e pode ser respondida aqui na instituição ou de forma remota, mas seguindo todo protocolo estabelecido nacionalmente”, explicou.

 

As turmas do SAEP estão sendo avaliadas em Mossoró nos cursos de Técnico de Segurança no Trabalho e Técnico de Automação Industrial. No total, serão avaliados 40 cursos técnicos. No Rio Grande do Norte, são 65 alunos submetidos ao Sistema, que tem prova aplicada a cada semestre.

 

A analista de educação e tecnologia e interlocutora regional do SAEP, Anaclécia Gonçalves Pereira, informou que “o Sistema tem por objetivo avaliar a eficiência e efetividade dos cursos de educação profissional oferecidos pelo SENAI”.

 

Isso acontece por meio de projetos, processos e ações específicas de avaliação interna e externa. “As etapas de avaliação das provas de certificação de conhecimentos adquiridos e experiências durante todo o curso de formação de nível técnico é realiza em duas etapas”, disse.

 

A primeira fase é a aplicação das provas objetivas, elas são desenvolvidas pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (CEBRASPE), que é uma instituição parceira, de avaliação externa, que faz a prova on-line, de conhecimentos básico, técnico, e socioemocionais, e a segunda etapa com algumas amostras de estudantes, que é a prova de avaliação prática desenvolvida internamente pelo SENAI.

 

De acordo com a analista de educação, no final do curso, depois dessas avaliações, os alunos obtêm uma nota de avaliação de desempenho estudantil. ”Esse resultado é válido tanto em âmbito nacional, regional, por escolas e cursos”, frisou.

 

Anaclécia Gonçalves analisa que é uma avaliação em larga escala, é um medidor de indicador de desempenho dos egressos para o mercado de trabalho. “Também identifica a satisfação das empresas e dos estudantes que adquirem formação técnica pelo SENAI”, concluiu.

 

Skip to content
Chat Online!