Exposição no Congresso Nacional destaca produtos inovadores desenvolvidos no SESI e no SENAI

2/04/2019   11h24

 

Os visitantes e o público interno do Congresso Nacional, em Brasília, poderão conhecer, a partir desta terça-feira (2), a exposição SESI SENAI Pelo Futuro do Trabalho, montada no Salão Negro. A mostra apresenta produtos inovadores desenvolvidos em escolas e centros tecnológicos do Serviço Social da Indústria (SESI)e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). As instituições, que foram fundamentais na industrialização do Brasil nos anos 1940, têm agora a missão de formar os profissionais que vão inserir o país na Indústria 4.0.

 

A exposição apresenta, por exemplo, o Flatfish, robô submarino desenvolvido pelo Instituto SENAI de Inovação em Automação em parceria com a Shell e o Instituto Alemão de Robótica e Inteligência Artificial (DFKI). Primeiro protótipo do tipo desenvolvido no Brasil, o veículo autônomo realiza inspeções de dutos de petróleo e gás em águas profundas.

 

Está exposto também o sistema inteligente de monitoramento de barragens de minérios, desenvolvido pelo Instituto SENAI de Inovação em Sistemas Embarcados em parceria com a empresa Dona Francisca Energética. O equipamento automatiza o gerenciamento da operação e manutenção de barragens, o que torna o processo mais confiável, facilitando a tomada de decisões.

 

Na exposição, será possível saber como funciona o Guidoo, plataforma digital que acompanha hábitos alimentares, atividade física e relacionamentos para promover a saúde e o bem-estar dos usuários. Entre suas funcionalidades estão sessões de coaching de forma virtual, assim como grupos de desafios com metas de alimentação e exercícios. O produto foi desenvolvido pelo Centro de Inovação SESI em Tecnologias para a Saúde, que realiza pesquisas e oferece consultorias ao segmento, responsável por cerca de 10,5% do Produto Interno do Bruto (PIB).

 

Serão expostos ainda outros seis produtos desenvolvidos na rede de 26 Institutos SENAI de Inovação, de 58 Institutos SENAI de Tecnologia e nos oito Centros de Inovação do SESI distribuídos pelos país.

 

“O SESI e o SENAI foram decisivos na industrialização do Brasil e se mantêm essenciais neste momento em que a adoção de novas formas de produção, com uso das tecnologias digitais, terá impactos relevantes no desenvolvimento econômico das nações”, afirma o diretor-geral do SENAI e diretor-superintendente do SESI, Rafael Lucchesi. “As instituições do Sistema Indústria são trunfos do Brasil nessa agenda, pois possuem atuação de excelência e já estão preparadas para dar apoio às empresas e formar as pessoas que vão levar o país a dar um salto tecnológico.”

 

EDUCAÇÃO INOVADORA  As instituições também mostram projetos pedagógicos que ajudam a formar futuros cidadãos conscientes e profissionais bem sucedidos. O SESI Matemática, por exemplo, é uma metodologia voltada a alunos do ensino fundamental e médio que utiliza tecnologia e inovação para estimular o raciocínio lógico e matemático de crianças e jovens.

 

Alunos de cursos de educação profissional do SENAI também utilizam livros didáticos nacionais enriquecidos com tecnologias como realidade aumentada. A câmera do tablet ou do celular reconhece a imagem impressa do livro e consegue vê-la em três dimensões, com movimento, som e interação.

 

Será possível conhecer produtos inovadores desenvolvidos por estudantes estimulados por programas como o Inova SENAI. O projeto Ícaro, desenvolvido por alunos da Bahia, é um dispositivo de comando de voz para auxiliar na rotina de pessoas que utilizam cadeiras de rodas. O mecanismo ajuda o cadeirante, por exemplo, a beber água ou acionar dispositivos elétricos como televisão, ar condicionado e som. Já estudantes do Paraná desenvolveram luva-guia que, adaptada ao corpo da pessoa, detecta objetos e emite vibrações para que o usuário saiba que há um obstáculo durante a sua trajetória de locomoção.

 

A exposição comemora ainda os 40 anos dos barcos-escola Samaúma, que percorrem a região Amazônica levando educação profissional. Todos os cursos nas embarcações são gratuitos em áreas como Mecânica, Eletroeletrônica, Soldagem, Marcenaria, Construção Civil e Panificação. O objetivo é ensinar profissões e mostrar caminhos para mudar a realidade da população ribeirinha.

 

 

SOBRE O SESI E O SENAI – Criado em 1942, o SENAI é o maior complexo privado de educação profissional e serviços tecnológicos da América Latina. Realizou mais de 75 milhões de matrículas ao longo de sua história. Em 2018, foram realizadas mais de 2,3 milhões de matrículas em cursos que vão da iniciação profissional, passando por cursos técnicos até a pós-graduação tecnológica.

 

A instituição possui 587 unidades fixas e 457 móveis, incluindo os barcos-escola Samaúma I e II, assim como a maior estrutura de apoio à inovação e tecnologia na indústria no Brasil. No ano passado, realizou 1.334.971 ensaios laboratoriais e atendeu a 19.749 empresas com serviços técnicos e tecnológicos.

 

O SESI possui escolas orientadas às necessidades do mundo do trabalho, que adotam metodologias e currículos inovadores com foco nas áreas de Ciência, Tecnologia, Engenharia, Arte e Matemática. Possui 501 escolas que realizam cerca de 1,2 milhão de matrículas em educação básica regular, educação continuada, educação de jovens e adultos e ações educativas.

 

Oferece ainda aos trabalhadores da indústria, por meio de 114 unidades de vida saudável e 553 unidades móveis, serviços de saúde, segurança no trabalho, inovação, cultura, lazer e esporte. No ano passado, 989.216 vacinas foram aplicadas em sua rede e 3.549.065 pessoas foram beneficiadas com serviços de saúde e segurança.

 

VISITAS 
Exposição SESI SENAI Pelo Futuro do Trabalho
Aberta ao público (exceto terça e quarta-feira)
Até 12 de abril
Das 9h às 17h30

SOBRE O SENAI

CONHEÇA

ACOMPANHE

TRANSPARÊNCIA

ACESSE

  • Juntos Pelo Desenvolvimento

  • Por uma indústria segura, saudável e produtiva.

  • Com a Indústria pela Inovação, Produtividade e Sustentabilidade.

  • Somos o elo entre o Saber e o Fazer.

  • A força do Brasil na indústria.