SENAI e Cosern assinam parceria visando eficiência energética

25/09/2018   15h36

 

O SENAI e a COSERN oficializaram uma parceria, nesta terça-feira, 25, por intermédio da qual vai ser lançado o “Desafio Nova Energia”, que deve selecionar startups para o desenvolvimento de projetos com soluções voltadas à redução do consumo energético e novas tecnologias educacionais com foco na eficiência.

 

O termo de cooperação foi assinado na Casa da Indústria, em solenidade com a participação do diretor de Inovação do Sistema FIERN, Djalma Barbosa da Cunha Júnior; do diretor presidente da COSERN, Luiz Antônio Ciarlini; do diretor regional do SENAI, Emerson da Cunha Batista; do gerente de tecnologia e Inovação do Cimatec/SENAI da Bahia, Flávio Marinho; do diretor de Eficiência Energética da Neonergia, Daniel Sarmento de Freitas; do diretor regional do SESI-RN, Juliano Martins; e do diretor de Operações do Sebrae, José Eduardo Ribeiro Viana.

 

“Essa cooperação, efetivada a partir do Edital de Inovação da Indústria, é importante para as grandes empresas, que atuam como âncoras, e para empreendedores de startups, que vão ter a chance de desenvolver soluções de acordo com as necessidades apresentadas. As startups vão desenvolver alternativas integradas aos propósitos básicos da COSERN e isso deve dar excelentes resultados, porque vai incentivar que novas entidades e grandes empresas interessadas se integram a esses projetos”, afirmou Djalma Barbosa.

 

 

Para o presidente da COSERN, essa pareceria vai garantir avanços no programa de eficiência enérgica, com projetos desenvolvidos por startups. “Abre-se um caminho importante para o setor elétrico, para o grupo Neonergia e, especificamente, para a COSERN, que, tradicionalmente, já tem trabalhos realizados na área de eficiência energética”, afirmou Luiz Ciarlini. “Os editais de inovação do Sistema S, do SENAI, e os serviços da Federação [da Indústria] abrem um leque amplo de opções para inovação. Nesta cooperação firmada hoje, se trata de uma área reconhecidamente importante, uma vez que a COSERN investe R$ 7 milhões por ano para eficiência energética e acreditamos muito que serão encontradas novas, boas e inovadoras soluções”, acrescentou.

 

Gerente de Inovação do SENAI-BA e do Centro Universitário CIMATEC, onde o projeto com as empresas do grupo Neonergia iniciou, Flávio Marinho está confiante que o programa terá repercussões positivas para a indústria do Rio Grande do Norte. “Esse Estado tem um desenvolvimento importante em energias, principalmente nas renováveis, o que tem sido capitaneado também pelo SENAI. Esperamos, portanto, que a comunidade se mobilize e apresente projetos relevantes e isso vai assegurar um retorno para a COSERN, para o Sistema FIERN e para a economia local”, comentou.

 

 

A iniciativa de firmar a parceria faz parte a partir do Edital de Inovação para a Indústria e recebe suporte do Programa de Eficiência Energética, e das demais distribuidoras do Grupo Neoenergia, regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

 

O termo de cooperação define como vai ser a parceria para o desenvolvimento de soluções inovadoras em eficiência energética. Direcionada às Startups, Micro e Pequenas Empresas e, também, ao Micro Empreendedor Individual (MEI), a iniciativa irá selecionar projetos que receberão aporte para o desenvolvimento de novas tecnologias ou metodologias focadas em eficiência energética.

 

O intuito é fomentar o desenvolvimento de projetos em três áreas de interesse: soluções para redução do consumo de energia nas unidades consumidoras, geração distribuída e novas tecnologias educacionais com foco no tema de eficiência energética.

 

O programa deve incentivar o desenvolvimento de soluções inteligentes que facilitem maior eficiência no uso diário da energia elétrica. Além do suporte do Senai, a iniciativa conta, ainda, com apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e do Serviço Social da Indústria (SESI).

 

A seleção será realizada por chamada pública, com a publicação do edital no dia 10 de outubro, pelo SENAI – Cimatec, e replicação nos sites das distribuidoras: Cosern (RN), Celpe (PE), Coelba (BA) e Elektro (SP/MT). As ideias selecionadas receberão aporte da concessionária no valor de R$ 600 mil, e mais R$ 600 mil em horas técnicas de especialistas e uso de infraestrutura do SENAI, em um período de até 12 meses.

SOBRE O SENAI

CONHEÇA

ACOMPANHE

TRANSPARÊNCIA

ACESSE

  • Juntos Pelo Desenvolvimento

  • Por uma indústria segura, saudável e produtiva.

  • Com a Indústria pela Inovação, Produtividade e Sustentabilidade.

  • Somos o elo entre o Saber e o Fazer.

  • A força do Brasil na indústria.