Alunos do SENAI/RN apresentam minicoleção em evento de moda nacional

24/11/2018   12h31

 

Do Rio Grande do Norte para as passarelas nacionais, os alunos do Centro de Educação em Tecnologias Clóvis Motta brilharam na 5ª edição do SENAI Brasil Fashion, projeto promovido pelo SENAI nacional, realizado no Espaço Ação Cidadania, no Rio de Janeiro, na noite desta quinta-feira (22), para empresários da moda, celebridades, jornalistas e formadores de opinião.

 

Os alunos Anna Elissa e Iure Dantas acompanhados dos modelos da minicoleção “Brilhante”, Bruno Montaleone, Ruy Costa e Márcio Monclair

 

Com o tema “Todo mundo tá na moda”, o SENAI Brasil Fashion 2018 levou às passarelas peças criadas para uma grande diversidade de público, com enfoque na diversidade dos corpos, deficientes visuais, estilos andrógenos; e idosos que continuam ativos na terceira idade. O desafio dos estudantes era o de pensar na diversidade de interesse dos vários públicos consumidores, que não são levados em conta, muitas vezes, por quem cria os produtos da moda. “A grande maioria das marcas acaba trabalhando para um público ideal ou muito restrito”, ressaltou Marcelo Ramos, curador do SENAI Brasil Fashion.

 

Entre os 24 estudantes selecionados, divididos em 12 duplas, dos cursos de Moda, Design e Vestuários de unidades do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) de todo o país, estiveram os únicos representantes do Rio Grande do Norte, a estilista Anna Elissa Dantas e o modelista Iure Dantas, alunos do Centro de Educação em Tecnologias Clóvis Motta.

 

A consultora de moda do SENAI Clóvis Motta, Jady Rocha, os alunos Anna Elissa e Iure Dantas; e o diretor do SENAI/Clóvis Motta, Genildo Peixoto

 

Orientados pelo consagrado estilista Alexandre Herchcovitch, os representantes do RN criaram e apresentaram a minicoleção “Brilhante”, inspirada na história do cangaceiro romântico, Jesuíno Brilhante. Conhecido como o “Robin Hood do Sertão”, Jesuíno combateu o coronelismo de sua época, lutou pelas minorias, tornando-se um defensor da justiça dentro de uma comunidade castigada pela fome e seca.

 

Desde a inscrição até o desfile das peças, os alunos foram acompanhados pela consultora de moda do SENAI Clóvis Motta, Jady Rocha, interlocutora do SENAI Brasil Fashion no RN, que prestou toda a assessoria para os alunos submeterem o projeto a banca avaliadora do concurso. A alagoana de 30 anos, que desde os 13 está envolvida com a moda, se descobriu em um curso no SENAI/RN e hoje ajuda a revelar outros talentos. “É sempre uma experiência incrível participar do SENAI Brasil Fashion e poder acompanhar de perto o quanto o projeto da coleção e os próprios alunos vão amadurecendo ao longo do processo. Cada ensinamento que recebemos dos coaches nos marcam profundamente, e poder conviver com profissionais tão importantes atuantes do mercado de moda nacional é um privilégio enorme”, disse Jady Rocha.

 

A estilista Anna Elissa e o modelista Iure Dantas, alunos do SENAI/RN, acompanhada dos modelo da minicoleção “Brilhante”

 

Com desenhos, texturas e bordados que remetem a genialidade de Arthur Bispo do Rosário, a dupla do SENAI/RN optou por desenvolver peças que atrelaram a funcionalidade da moda a inclusão possível através dela. “O desfile foi bem emocionante. Um dos nossos modelos é deficiente visual, que trabalhava como modelo antes de ficar cego e depois que ficou cego parou. E nosso desfile foi um desafio pra ele, porque foi a primeira vez que ele voltou às passarelas depois de ter perdido a visão. Ele tava muito emocionado, e a gente também”, disse Iure Dantas.

 

Ator e modelo Bruno Montaleone

 

 

Modelo Ruy Costa desfilando a coleção “Brilhante”

 

Os looks desenvolvidos foram apresentados em um desfile de moda profissional, com a presença de público especializado, pelo ator Bruno Montaleone, o modelo Ruy Costa e pelo atleta e modelo inclusivo, Márcio Monclair, que voltou neste desfile às passarelas após ficar deficiente visual.

 

Atleta e modelo inclusivo, Márcio Monclair

 

O desfile das minicoleções criadas por alunos do SENAI, que contou com a atriz Giovonna Ewbank como mestre de cerimônia, marcou o encerramento da terceira fase do projeto SENAI Brasil Fashion, plataforma de educação profissional que seleciona jovens de todo país para desenvolverem minicoleções sob orientação dos estilistas Lino Villaventura, Ronaldo Fraga, Alexandre Herchcovitch e Lenny Niemeyer.

 

Na passarela, estiveram uma seleção de grandes nomes da moda, entre top models, new faces e modelos que representam a diversidade de estilos do país. “Eu estou muito feliz em representar o Rio Grande do Norte neste projeto tão grandioso, é de um esforço educacional que eu nunca tinha visto na minha vida”, afirmou o modelista Iure Dantas. “Foi uma experiência única de vida, algo que mudou até o meu jeito de ser”, completou a estilista Anna Elissa.

 

Mentores assistem ao desfile no Rio. Foto: Daniel Pinheiro/AgNews)

 

A fim de formar profissionais completos, o projeto do SENAI Brasil Fashion é dividido em três fases. A primeira é a de imersão, na qual os alunos adquirem conhecimento para o desenvolvimento de seus projetos, por meio de palestras, de visitas técnicas e de um conjunto de informações que suscitam reflexões em torno do tema. A segunda fase é o processo de criação em si, quando eles apresentam os protótipos de suas peças para que os coaches e consultores possam propor ajustes. Na terceira e última fase, que antecede o desfile, são feitas as provas de roupas e beleza nas modelos que irão desfilar as peças para que sejam feitos os ajustes finais, caso necessário.

 

Confira na página do SENAI Brasil Fashion todo o material da edição 2018.

 

 

SOBRE O SENAI

CONHEÇA

ACOMPANHE

TRANSPARÊNCIA

ACESSE

  • Juntos Pelo Desenvolvimento

  • Por uma indústria segura, saudável e produtiva.

  • Com a Indústria pela Inovação, Produtividade e Sustentabilidade.

  • Somos o elo entre o Saber e o Fazer.

  • A força do Brasil na indústria.