FIERN | SESI | SENAI | IEL

Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Korean Russian Spanish

Artigos

Programa Alimentos Seguros

Objetivo

  • Disseminar e apoiar a implantação das Boas Práticas e o Sistema de Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC) nas empresas de alimentos e alimentação, em todo o país.
  • Contribuir para:
    • Aumentar a segurança e a qualidade dos alimentos produzidos para a população brasileira;
    • Aumentar a exportação de alimentos, preparando o setor produtivo brasileiro para atender a exigências dos países importadores em termos de segurança dos alimentos;
    • Aumentar a competitividade de nossas empresas.

Parceiros
 
• EMBRAPA
• SENAR
• SESI
• SENAC
• SESC
• SEBRAE
• Vigilâncias Sanitárias – Estadual e Municipal
 
Segmentos Atendidos
 
• Indústria (responsabilidade do SENAI)
• Mesa
• Segurança nos Produtos do Campo
• Distribuição
• Transporte
• Ações Especiais

Projeto PAS – Indústria

Objetivos

• Aumentar a segurança (e a qualidade) dos alimentos produzidos pelas indústrias de alimentos (especialmente nos segmentos de carnes e derivados, leites e derivados, pescado e derivados e vegetais e derivados), em âmbito nacional.
• Aumentar a competitividade da Indústria de alimentos, através da redução de perdas e de custos.
• Desenvolver material de sensibilização e técnico sobre as Boas Práticas e do Sistema APPCC, bem como uma sistemática para as ações junto as indústrias de alimentos.
• Formar consultores e multiplicadores, para atender a demanda de todos os estados do Brasil.
• Difundir o Programa Alimentos Seguros, através de Seminários para empresários (especialmente dos segmentos contemplados) em todo Brasil.
• Apoiar as indústrias de alimentos, através de capacitação e consultoria, na implantação das Boas Práticas e do Sistema APPCC.
• Alavancar as exportações brasileiras através da adequação das empresas, para o mercado externo


Justificativa

• As indústrias de alimentos brasileiras estão percebendo que a adoção das ferramentas de Boas Práticas e do Sistema APPCC, é fundamental para o aumento de competitividade, da segurança e de qualidade de seus produtos, sendo a sua adoção, uma questão de sobrevivência no mercado cada vez mais exigente. Isto provoca uma demanda crescente das indústrias pelo Programa.
• Os distribuidores (especialmente para redes de supermercados) já começam a selecionar seus fornecedores, através também da adoção das ferramentas (B.P e APPCC) pelas indústrias.
• A legislação brasileira através de Portarias do MAPA e MS, já exigem da indústria de alimentos ações no sentido da adoção das B.P e do Sistema APPCC.
• A exigência do mercado externo é cada vez maior no que se refere a colocação das ferramentas (B.P. e do Sistema APPCC) pelas indústrias exportadoras. Isto já acontece em vários segmentos, como carne, frutas, pescado, por exemplo, e em muitos países (EUA, Canadá, Japão, países da Comunidade Européia).
• A demanda levantada pelo Projeto APPCC, agora Programa Alimentos Seguros (PAS), nos últimos 20 meses, mostra que outros segmentos industriais estão mobilizados para a adoção das ferramentas.
Estratégia e Diretrizes
• O projeto será acompanhado, avaliado e direcionado pelo Comitê Gestor de Nacional (CGN), o qual tem uma visão global das ações, desde o campo até a mesa.
• O projeto PAS - Indústria é gerenciado por um técnico do SENAI, instituição que possui 5 Centros Tecnologia de Alimentos no Brasil e representação em todos os estados, com uma grande competência em treinamento, credibilidade e penetração nas indústrias de alimentos. Isto associado a sua capilaridade, facilita bastante as ações a nível nacional.
• A Gerência trabalhará com um Comitê Técnico, composto por técnicos do SENAI e das instituições parceiras. Este Comitê Técnico estabelecerá as diretrizes para elaboração de produtos e para ações que serão desenvolvidas em todo país.
• O projeto PAS - Indústria tem, como parcerias, instituições que atuam na difusão de conhecimentos e metodologia sobre alimentos, tais como SEBRAE, EMBRAPA-CTAA, MS e MAA o que facilita as ações a nível nacional.
• O SEBRAE, instituição parceira, possui o Sistema PATME que possibilita ou viabiliza às micro e pequenas empresas, implantarem o Programa Alimentos Seguros.
• As ações serão feitas segundo a seguinte sistemática: Desenvolvimento de produtos (materiais técnicos e de sensibilização, cursos, etc); formação de multiplicadores e consultores, treinamento de técnicos de empresa e apoio através de consultoria, na implantação do Sistema na Indústria.


Produtos do Projeto

Os seguintes produtos foram desenvolvidos para o projeto e colocados à disposição dos empresários, dos técnicos de empresas e de consultores:

• Materiais distribuídos nos Seminários:
o Guia do Empresário para o sistema APPCC;
o Vídeo: Segurança e Competitividade;
o Cartilha do Manipulador;
o Cartazes para Divulgação na Indústria

• Materiais Distribuídos nos Cursos:
o Guia para Elaboração do plano APPCC;
o Guia de Verificação do Sistema APPCC;
o CD: Ferramentas para Implantação do Sistema APPCC;
o Elementos de Apoio para o Sistema APPCC (Manual).

Ações do Projeto

• Seminário para Empresários

o Destinado aos empresários dos segmentos de pescado e derivados, carnes e derivados, frutas, hortaliças e derivados, laticínios e gelados comestíveis (sorvetes).
o Objetivos: Difundir no meio empresarial os conceitos e as vantagens do Sistema APPCC; Apresentar o Programa Alimentos Seguros (PAS) / Projeto APPCC - Convênio CNI / SENAI / SEBRAE e seus benefícios para as empresas; Proporcionar às empresas a oportunidade de adesão ao PAS

• Curso de Formação de Consultores

o Destinado a técnicos indicados pelo SENAI, SEBRAE, Ministério da Agricultura e Abastecimento, Ministério da Saúde e Embrapa.
o Objetivos: Formação de consultores internos para apoiarem a elaboração do Plano APPCC e a implementação do Sistema APPCC nas empresas que aderirem ao Programa Alimentos Seguros (PAS) - Projeto APPCC.
o Características: Curso com carga horária total de 80 horas, sendo 60 em classe, durante seis dias (segunda - sábado) e 20 horas de trabalho a ser enviado posteriormente.

• Curso para Técnico de empresa

o Destinado a técnicos indicados por empresas que aderiram ao PAS - Projeto APPCC e que tenham formação e/ou experiência na área de alimentos.
o Objetivos: Capacitar os técnicos de empresas na elaboração do Plano APPCC em suas respectivas empresas.
o Características: O curso tem a duração de 40 horas, de Segunda a Sexta. A programação abrange fundamentos de microbiologia e conservação de alimentos, boas práticas de fabricação e, mais intensamente, o Sistema APPCC.

 Mais Informações: www.pas.senai.br